segunda-feira, 25 de junho de 2012

AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA -FUND. II

TEXTO I A lebre e a tartaruga
Era uma vez... uma lebre e uma tartaruga.
A lebre vivia caçoando da lentidão da tartaruga.
Certa vez, a tartaruga, já muito cansada por ser alvo de gozações, desafiou a lebre para uma corrida.
A lebre, muito segura de si, aceitou prontamente.
Não perdendo tempo, a tartaruga pôs-se a caminhar, com seus passinhos lentos, porém firmes.
Logo a lebre ultrapassou a adversária e, vendo que ganharia fácil, parou e resolveu cochilar.
Quando acordou, não viu a tartaruga e começou a correr.
Já na reta final, viu finalmente a sua adversária cruzando a linha de chegada, toda sorridente.
Moral da história: Devagar se vai ao longe!
http://www.qdivertido.com.br/verconto.php?codigo=29
QUESTÃO 1
O episódio da narrativa que contribui para a vitória da tartaruga é
(A) a decisão da lebre de parar e cochilar.
(B) o desafio de realizar uma corrida com a lebre.
(C) o desafio de correr para garantir a vantagem.
(D) a decisão firme de caminhar com passos lentos.
QUESTÃO 2
O trecho que expressa uma opinião a respeito de um dos personagens é
(A) “Logo a lebre ultrapassou a adversária...”
(B) “Era uma vez... uma lebre e uma tartaruga.”
(C) “A lebre, muito segura de si, aceitou prontamente.”
(D) “Quando acordou, não viu a tartaruga e começou a correr.
QUESTÃO 3
A finalidade deste texto é ensinar ao leitor que
(A) o sono renova as energias do corpo.
(B) a caçoada do adversário garante a vitória.
(C) o êxito depende de dedicação e persistência.
(D) o esporte é necessário para manutenção da saúde.
QUESTÃO 4
As características do texto “A lebre e a tartaruga”, tais como – o tipo de personagens e a presença de moral –, exemplificam o texto conhecido como
(A) receita.
(B) fábula.
(C) campanha publicitária.
(D) história em quadrinhos.
Texto II
Fada feiticeira
Geralda
É uma fada cozinheira
Que quando entra na cozinha
Até parece feiticeira.
É que seus 5 molhos são pecados
As suas massas são feitiços
As suas carnes são caprichos
Quitutes da mãe brasileira.
Seus doces
Seus bons-bocados, seus quindins
Suas pamonhas, seus bombons
Suas paçocas, seus pudins.
Quando ela faz a sobremesa
É sempre o prato mais gostoso
Vem um perfume saboroso
Que todo mundo vai querer
Pegar
Sentir
Mexer
Cheirar
Provar
Lamber
Morder
Comer
QUESTÃO 5
Os versos 17 a 24, construídos por meio de verbos, expressam
(A) os passos a serem seguidos por aqueles que desejam cozinhar bem.
(B) os desejos das pessoas ao sentirem o perfume da sobremesa de Geralda.
(C) as atitudes adotadas pela fada feiticeira ao preparar seus feitiços.
(D) as instruções para preparação dos quitutes da mãe brasileira.
Ricardo Azevedo. A casa do meu avô.
São Paulo: Ática, 2003.
Texto III
Receita de espantar a tristeza
Faça uma careta
E mande a tristeza
Pra longe, pro outro lado
Do mar ou da lua
Vá para o meio da rua
E plante bananeira
Faça alguma besteira
Depois estique os braços
Apanhe a primeira estrela
E procure o melhor amigo
Para um longo e apertado abraço
Roseana Murray. Receitas de olhar. São Paulo: FTD, 1997.
QUESTÃO 6
Os versos do poema que expressam o significado da expressão “espantar a tristeza”, presente no título do texto, é
(A) “Vá para o meio da rua E plante bananeira”
(B) “Depois estique os braços Apanhe a primeira estrela”
(C) “E mande a tristeza Pra longe, pro outro lado”
(D) “E procure o melhor amigo Para um longo e apertado abraço”
Texto IV
Lendas do nosso folclore
Mula-sem-cabeça
É um animal quadrúpede com aparência de mula, como o próprio nome diz.
Não tem cabeça e solta fogo pelo pescoço. Soluça como se fosse gente e, com seu galope, assusta as pessoas que saem a andar nas noites de lua cheia. Para afugentá-la, basta esconder dentes e unhas.
Nosso folclore, de Maria Regina Pereira e Zuleika de Almeida Prado. São Paulo: Ave-Maria, 1999.
QUESTÃO 7
As palavras que se referem à expressão “mula-sem-cabeça”, sem alterar a continuidade do texto, são
(A) fogo / unhas.
(B) gente / galope.
(C) pessoas / dentes.
(D) animal quadrúpede / la (afugentá-la).
Texto V
Sempre o Juquinha
No primeiro dia de aula, a professora explica que vai testar a capacidade de raciocínio das crianças, fazendo-as ligar determinadas características ao animal certo. Chama o Juquinha e começa:
– Quem pia é...
– Pião! – diz o garoto terrível.
Com paciência, a professora diz que é o pintinho da galinha que pia.
– Vou lhe dar outra chance: quem ladra é...
– Ladrão!
A professora, irritada, explica que é o cachorro.
– Seu Juquinha, vou lhe dar a última chance: quem muda de cor é...
E o Juquinha:
– Semáforo!
Almanaque Brasil de Cultura Popular. São Paulo, ano 2, n. 15, jun. 2000, p. 30. QUESTÃO 8
Nos trechos ”– Quem pia é ...”; “quem ladra é...”; “quem muda de cor é...”, o uso das reticências, em relação ao aluno, reforça a
(A) oportunidade de completude da fala.
(B) informação sobre extinção de animais.
(C) expressão de irritação da professora.
(D) falta de resposta dos alunos. Texto VI
Dez dicas para você não fazer feio na cozinha
1 – Lave bem as mãos antes de começar a fazer qualquer receita.
2 – Se você tiver cabelo comprido, prenda-o com um elástico.
3 – Use um avental para não sujar a roupa.
4 – Evite chegar perto do forno quando ele estiver quente.
5 – Meça os ingredientes e deixe-os separados antes de fazer a receita.
6 – Guarde os utensílios que já foram usados no lugar onde estavam anteriormente.
7 – Jogue fora os restos de embalagens que não serão reaproveitados.
8 – Não fique perto de panelas com água fervente.
9 – Nunca corra dentro da cozinha, principalmente com objetos na mão.
10 – Não use facas pontudas. Se precisar cortar algum ingrediente, peça a seus pais ou a algum adulto que o ajudem.
Folha de São Paulo. São Paulo, 13 jul. 2002. Suplemento Folhinha.
QUESTÃO 9
O texto apresenta uma lista de
(A) ingredientes exigidos para o preparo de qualquer prato.
(B) comportamentos que devem ser adotados na cozinha.
(C) utensílios necessários à preparação de uma receita.
(D) regras de higiene fundamentais na cozinha.
QUESTÃO 10
O trecho do texto que apresenta o interlocutor específico para o qual o texto está dirigido é
(A) “Lave bem as mãos antes de começar a fazer qualquer receita.”
(B) “Use um avental para não sujar a roupa.”
(C) “Jogue fora os restos de embalagens que não serão reaproveitados.”
(D) “Se precisar cortar algum ingrediente, peça a seus pais ou a algum adulto que o ajudem.”

sábado, 23 de junho de 2012

DESCONTRAIA...OS ADOLESCENTES AMAM ESSES TEXTOS

LEIA O TEXTO COM ATENÇÃO
Não te amo mais.
Estarei mentindo se disser que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho certeza que
Nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
não significas nada.
Não poderia dizer jamais que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
já te esqueci!
E jamais usarei a frase
EU TE AMO!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade
É tarde demais...
AGORA LEIA TODO O TEXTO DE BAIXO PARA CIMA...

AINDA FALTA 10 MINUTOS PARA TOCAR O SINO...

PROFESSOR, APROVEITE E TENHA NA MANGA TEXTOS DIFERENTES PARA DESCONTARIR E TORNE O FIM DA AULA INTERESSANTE...
LEIA NA ORDEM QUE SE PEDE
01-Preciso contar-lhe um segredo, leia a nº 5.
02-Você está com pressa? Leia a nº 8.
03-Você está muito curioso, né? Leia a nº 9.
04- Olha é o seguinte... é melhor lê a nº 15.
05-Eu não tenho coragem, por isso, leia a nº17.
06-Gostaria de te falar, mas é melhor ler a nº 16.
07-Eu conto, mas... leia a nº 2.
08-É tão simples, por isso leia a nº 4.
09-Não fique nervoso, é simples leia a nº 18.
10-Ainda não, mas... leia a nº 19.
11-Você está ficando cansado... relaxe...leia a nº 13.
12-Como eu ia dizendo... leia a nº 3.
13-Está quase sabendo, leia a nº 20.
14-Te amo muito!!!!!
15-Você está ficando nervoso, por isso leia a nº 6.
16-Você ainda não entendeu, não é mesmo? Leia a nº 12.
17-Ah! Estou com vergonha, leia a nº 7 .
18-Eu não sei se você vai entender, leia a nº 10.
19-Leia a nº 11 com calma e saberá...
20-Agora eu conto, leia a nº 14, mas bem baixinho, tá?
LEIA NA ORDEM QUE SE PEDE
01-Preciso contar-lhe um segredo, leia a nº 5.
02-Você está com pressa? Leia a nº 8.
03-Você está muito curioso, né? Leia a nº 9.
04- Olha é o seguinte... é melhor lê a nº 15.
05-Eu não tenho coragem, por isso, leia a nº17.
06-Gostaria de te falar, mas é melhor ler a nº 16.
07-Eu conto, mas... leia a nº 2.
08-É tão simples, por isso leia a nº 4.
09-Não fique nervoso, é simples leia a nº 18.
10-Ainda não, mas... leia a nº 19.
11-Você está ficando cansado... relaxe...leia a nº 13.
12-Como eu ia dizendo... leia a nº 3.
13-Está quase sabendo, leia a nº 20.
14-Te amo muito!!!!!
15-Você está ficando nervoso, por isso leia a nº 6.
16-Você ainda não entendeu, não é mesmo? Leia a nº 12.
17-Ah! Estou com vergonha, leia a nº 7 .
18-Eu não sei se você vai entender, leia a nº 10.
19-Leia a nº 11 com calma e saberá...
20-Agora eu conto, leia a nº 14, mas bem baixinho, tá?
TÁ REPETIDO PARA SER COPIADO E COLADO...CABE 2 EM UMA FOLHA...BOM PROVEITO!!!!

CAPAS PARA POTFÓLIOS, CADERNOS E AFINS

FAÇA LINDAS CAPAS DE CADERNOS,FICHÁRIOS... EM E.V.A. NESTAS FÉRIAS...